Portugal antigo e moderno; diccionario ... de todas as cidades, villas e freguezias de Portugal e de grande numero de aldeias, Volume 5

Front Cover
 

Contents

Other editions - View all

Popular passages

Page 362 - Dom João por Graça de Deus Rey de Portugal e dos Algarves, d'aquem e dalem mar em Africa Senhor de...
Page 502 - ... de paes a filhos ; por cujo motivo não só se repetia a 10 de Agosto a memoria d'estes prodigios ; porém esta soberana Virgem era a protectora a quem essa mesma villa recorria em todas as suas necessidades, nas quaes tinha mostrado muitas vezes o poder, ea piedade do seu soberano patrocinio, e que estas patentes e sagradas circumstancias persuadiram muitas pessoas d'essa villa a que tomassem por padroeira d'ella a Senhora da Victoria, e assim o requereram a essa Camara, e que esta a festejasse...
Page 30 - Collocai pela imaginação Mafra ao pé da Batalha, e podereis entender quanto é clara e precisa a linguagem d'estas chronicas, lidas de poucos, em que as gerações escrevem mysteriosamente a historia do seu viver. A Batalha é grave como o vulto homerico de D. João I, poetica e altiva como os cavalleiros da ala de Mem Rodrigues, religiosa, tranquilla, santa como D.
Page 326 - Memória, que principia a fls. 197 v. : • Aos oito de maio de 1762, pelas sete horas e meia da tarde, tempo em que todo este reino de Portugal eslava bloqueado em roda pelas armas...
Page 502 - Victoria a sua padroeira, de que se fizera o termo que remetteis; e para que este tivesse toda a validade precisa, esperaveis que eu fosse se.rvido mandal-o observar. E visto o mais que referistes, eo que constou por informação do Provedor da Comarca de Coimbra e resposta do Procurador da minha coroa, a quem se deu vista e não teve duvida ; hei por bem e vos mando, que observeis o termo da acclamação que fizestes com a nobreza e povo d'essa villa, para que a Virgem nossa senhora, com o titulo...
Page 512 - ... amorosa, que deliciaram primeiro as damas da corte de Castella, e depois as da Europa inteira. Foi por muito tempo a Diana de Montemayor o livro predilecto dos leitores de 1 É aínda dos Poríuguezes illustres do sr.
Page 35 - Foi coadjutor de Claudio Atenedoro, prefeito das rendas públicas. Casou com Claudia Loba Cálense, nascida em Cale (Gaia), filha ou neta do pretor romano Caio Sévio Loba, progenitor dos Lobos, Lopes, etc. Foi este cavaleiro lusitano o primeiro que tomou por armas, ou divisa, cinco vieiras (conchas) em memoria do milagre que Ihe fez S.
Page 502 - Mouros, que tinham cercado o castello d'essa mesma villa, antes dos catholicos que defendiam o castello sairem a pelejar com os barbaros, 'alcançando d'estes um maravilhoso triumpho, acharam depois da batalha ressuscitadas todas as pessoas que tinham degolado ; conservando-se na garganta o signal das feridas, que se continuaram muito tempo em algumas familias d'essa villa, e de todo o referido houvera sempre tradição...
Page 561 - Ainda existem restos do seu antigo castelo e do seu recinto de muralhas com quatro portas (do Carmo, Nova do Fojo, de S. Francisco e de Santa Justa). D. Diniz mandou construir uma majestosa torre de menagem que ainda se pode admirar. Tinha cinco, conventos : de religiosas dominicanas ou de NS...
Page 343 - Ponte do Lima e da Touginha, em terra de Faria, livres e isentas de todo e qualquer direito real; e as suas vilas e terras de Pedralva, Couviaens e Adaufe (hoje Adoufe), em terra de Panoias.

Bibliographic information